• Karoline Hoffmann

Apagão do Facebook: o que aprendemos com a falha da big tech

Atualizado: 15 de out. de 2021



O mundo todo viu, na última segunda-feira (4), uma das maiores empresas de tecnologia do planeta, o Facebook, ficar fora do ar por cerca de sete horas. Estima-se que, só nesse curto período, a empresa tenha perdido aproximadamente 45 bilhões de dólares (ou 256 bilhões de reais) em valor de mercado.


O prejuízo, porém, não ficou só para Zuckerberg: muitas pessoas que usam as plataformas – Instagram e WhatsApp, principalmente – da gigante da tecnologia para trabalhar ou se conectar com os clientes se viram severamente afetadas. Então, o que podemos tirar disso?


A resposta é simples: diversificar os canais de vendas e de comunicação dos negócios – sejam eles pequenos, médios ou grandes. Embora pareça uma coisa bastante simples e óbvia, essa questão ainda não é levada a sério por muitos. Por isso, é importante lembrar sempre que, quanto mais dependentes de um único canal para nos comunicarmos com o nosso público, maiores as chances de problemas e falhas ocorrerem.


Diversificar as redes onde o negócio se faz presente é, portanto, essencial. Inclusive, o próprio Facebook usou a sua conta oficial no Twitter para informar a falha nos seus sistemas, mostrando, assim, que nem mesmo as maiores empresas estão engessadas e presas unicamente aos seus serviços.


Algumas opções de ferramentas semelhantes às disponibilizadas pelo Facebook que podem ajudar, em situações como a ocorrida nessa segunda, o seu negócio a não ficar paralisado são Telegram, Signal, Skype e Viber (para mensagens instantâneas e contato direto com o público, em substituição ao WhatsApp); e site, blog, LinkedIn e Twitter (para conteúdo institucional e informativo. Podem trabalhar em combinação com o Facebook e o Instagram). Há, ainda, redes segmentadas. Nesses casos, cabe à empresa conhecer o seu público e saber onde ele está para marcar presença lá também.


Mas, é claro, não adianta estar presente em outras redes e não comunicar isso da maneira certa. Se a presença não for bem trabalhada, os clientes não o acharão ainda que você esteja lá. Sabendo disso, use as plataformas onde a sua presença já esteja consolidada para divulgar os outros canais do seu grupo, mantendo-os sempre atualizados. Dessa forma, o público saberá onde buscar informações e fazer contato com você quando houver problema em algum de seus canais.


5 visualizações0 comentário