• Karoline Hoffmann

Banco não é obrigado a ressarcir cliente que caiu em golpe no WhatsApp; veja dicas para se proteger



Recentemente, a 23ª Câmara de Direito Privado do TJ/SP negou o pedido de ressarcimento, por parte do banco, a uma vítima de golpe no WhatsApp. O golpe em questão – são tantos, afinal – era o do boleto falso, aquele em que o golpista envia o boleto para pagamento como se fosse a empresa prestadora de serviço, incluindo os dados, informações de contato e logotipo oficial da instituição.


No entendimento do magistrado que julgou o caso na segunda instância, a vítima do golpe não tomou as medidas de segurança cabíveis e, além disso, não se certificou da legitimidade da cobrança. Na primeira instância, o juiz também já havia decidido a favor do banco, sob o argumento de que o valor não foi repassado à instituição financeira, mas a terceiros.


Para que você não caia nesse tipo de golpe, trouxemos aqui algumas dicas. Preste atenção:


  • Cheque todos os dados atentamente;

Parece óbvio, né? Mas muita gente não se atenta a isso, acredite. Antes de pagar um boleto, portanto, revise não só os seus dados, mas todas as informações contidas no documento. Boletos fraudulentos costumam ter erros gramaticais, de diagramação ou baixa qualidade de imagem – do logo da empresa, por exemplo.


  • Dê preferência à leitura digital do código de barras;

Se for possível, prefira fazer a leitura digital do código de barras em vez de copiar e colar os números. Isso porque os boletos falsos nem sempre têm códigos reais, que de fato funcionam.


  • Se possível, tenha o app da empresa no celular;

Muitas empresas – como as de telefonia móvel, tevê por assinatura e internet, por exemplo – já possuem apps próprios, onde é possível, entre outras facilidades, fazer download das contas e até utilizar outros meios de pagamento, como o Pix. Prefira essa opção a receber o boleto por e-mail ou pelo WhatsApp.


  • Se estiver com dúvida, entre em contato com a empresa.

Se, mesmo seguindo os passos anteriores, você ainda estiver com dúvida em relação à autenticidade de um boleto, não hesite em entrar em contato com a empresa pelos canais oficiais, como telefone, site e aplicativo. Eles poderão confirmar a veracidade ou até encaminhar, instantaneamente, um novo boleto pelo canal de comunicação a sua escolha.


8 visualizações0 comentário