top of page
  • Foto do escritorKaroline Hoffmann

BRAISCOMPANY É GOLPE?



“Entre no mercado cripto com segurança e sem complicações.” Essa é a promessa da empresa Braiscompany, conhecida por seus clientes como Brais, logo na abertura de seu site.

A empresa ingressou no mercado com a promessa de gerir os ativos digitais de seus clientes por um ano, ou seja, você fazia depósitos em reais para que a Brais supostamente adquirisse criptoativos para você, assina um contrato de locação com a Brais e por um ano eles fazem a gestão desses criptoativos para te repassar o lucro líquido mensal estimado em 8% de seu investimento.

Já tivemos no mercado uma empresa com o mesmo modo de operar, conhecida como Rental Coins, hoje alvo de milhares de processos judiciais e operações da polícia federal por se revelar ser, na verdade, uma pirâmide financeira.

Mas será que a Braiscompany está indo pelo mesmo caminho? Sinceramente esperamos que não, mas os fatos noticiados desde o fim de 2022 preocupam.

Clientes sem repasse da rentabilidade mensal prometida que tentaram resgatar seus investimentos escutam desculpas como a quebra da FTX e bloqueios regulatórios na Binance como os responsáveis pelos problemas enfrentados.

Já portais de notícias conhecidos no mercado cripto, alertam para ausência de liquidez para reembolsar clientes, algo em torno de 1 bilhão investido sem garantia.

Ações judiciais de clientes que não querem esperar para ver (ou pagar para ver) já pipocam pelos tribunais do Brasil requerendo bloqueios de bens para garantir seus créditos no futuro.


Se você investiu na Brais e precisa de mais orientações entre em contato através do botão de whatsapp disponível aqui no nosso site. Um de nossos advogados está pronto para te atender.


6 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page