• Karoline Hoffmann

NOT YOUR KEYS NOT YOUR COINS. Por que você deve se importar mais com isso?



Com o mercado de investimento em criptoativos demonstrando queda, a reação das exchanges para com seus clientes foi pauta de debates e assunto da maioria das consultas realizadas pelo escritório ao seus clientes nas ultimas semanas.


A corrida por saques levou renomadas empresas do mercado a limitar e até mesmo barrar operações em suas plataformas. As justificativas nunca estavam ligadas ao cenário do mercado, no entanto, finalmente parece que os investidores começaram a acordar para o fato de que, enquanto mantidas nas corretoras, as criptomoedas não são suas, a famosa frase not your keys not your coins toma forma na consciência.


Essa frase faz ainda mais sentido se analisado o vazamento da informação de papeis internos de uma corretora no qual, a orientação, em caso de cenário de crise, seria reter os criptoativos adquiridos e não retirados da corretora.


Quando falamos dos remédios jurídicos para tal tipo de atitude cabe lembrar que o cliente brasileiro, se precisar socorrer-se da justiça em casos de indisponibilidade de seus ativos, não terá como fazer uso do judiciário local se a empresa não contar com qualquer tipo de endereço nacional, ou seja, deverá recorrer aos seus direitos no país onde estiver estabelecida a corretora escolhida. Isso dificulta e onera, muito, a busca por um reembolso de valores aplicados.


O importante nesse momento é manter a calma, acompanhar as notícias e movimentações do mercado e, principalmente, estar preparado para passar a ter a custódia de seus ativos digitais.


O uso das hardware wallets (carteiras frias ou cold wallets) é o mais recomendado. Tento em vista que são dispositivos de armazenamento que não estão permanentemente conectados à internet sujeitos a ações de cybercriminosos.


No entanto, não saia buscando no Google. Quando se trata de seus ativos digitais estudar sobre o funcionamento destas wallets, onde adquirir, como utilizar é um requisito importantíssimo para evitar incidentes de segurança e até perda definitiva de meios de acesso aos seus ativos. Por isso a frase contém o “your keys”, você deve ter a posse e armazenamento seguro de todas as chaves de acesso.


Ter seus ativos em uma corretora é prático, nós sabemos, mas faça analogia com outros bens que você tem, você compraria um carro e deixaria a posse para a concessionária? Você compraria um apartamento na planta e deixaria a posse para a construtora? Se a resposta para isso foi não então o ciclo lógico para seus criptoativos sempre deverá ser utilizar a corretora/Exchange tão somente como um meio para aquisição e nunca como forma de custódia de seus criptoativos.

6 visualizações0 comentário